O bem-viver do Sul da Ilha de Florianópolis

O Sul da Ilha de Florianópolis é muito conhecido por suas praias encantadoras, trilhas com lindas paisagens e todo o seu universo em meio à natureza. Mas além da sua beleza tropical, esse é um lugar onde você pode conhecer um pouco da história de Florianópolis: o comércio local com base em artesanato, as comidas típicas açorianas e um estilo de vida mais leve.

Devido ao grande número de praias e suas características, é possível escolher a sua favorita de acordo com o seu estilo de vida. Algumas são muito frequentadas por surfistas ou para quem busca fazer exercícios físicos ao ar livre, outras são bastante frequentadas por famílias, mas ainda assim, possuem uma diversidade de público. Seja para meditar, exercitar-se, pegar sol ou apenas curtir um dia de praia, os frequentadores sentem-se à vontade com todas as opções.

Uma dica quase universal: para os esportistas, a Praia do Campeche. Para as famílias, a Lagoa do Peri. E para quem procura uma praia mais calma e silenciosa, o Matadeiro é ideal, uma vez que não se ouve barulhos de carros e não existem hotéis perto, garantindo momentos de sossego.

Quem busca viver a cultura açoriana deve visitar o Ribeirão da Ilha, um dos bairros mais tradicionais de Florianópolis. Neste local vivem muitos nativos, que atuam com a pesca, o artesanato e a gastronomia. Por isso, se você for em qualquer restaurante do bairro, vai se deparar com pescados locais, uma vez que são do Ribeirão as ostras exportadas para o restante dos bairros da cidade. Além disso, a arquitetura local remete aos vilarejos de Portugal, com casinhas coloridas, tornando esta visita uma experiência única! Sendo um dos primeiros bairros a ser colonizado, conhecer o Ribeirão da Ilha é uma leve e divertida aula de história local.

O bacana de visitar o Sul da Ilha é a possibilidade de explorar o local de várias formas diferentes. Alguns trajetos são feitos de barco, outros à pé pelas trilhas e alguns de carro. Sobretudo, natureza é o que não falta, independente do meio de transporte. Por ser uma localidade com esta forte presença do estilo de vida natural, o que não faltam são pequenos comércios que vendem chás, plantas em geral para terapias naturais e oficinas de panchas e outros ítens de esporte. E, claro, os produtos das rendeiras e dos pescadores, além dos produtores orgânicos. Como dito anteriormente, a forte presença do artesanato faz do Sul da Ilha um local, além de agradável de se viver, onde o comércio local é valorizado e a economia gira em torno dos moradores.

Conheça mais sobre Floripa aqui e conheça os nossos empreendimentos no sul da ilha neste link.

Deixe sua resposta